02 março 2009

Piratas e buganvílias

Desde que o mundo é mundo, e a internet é a internet, que a pirataria existe. Há quem considere a pirataria um assunto delicado, há quem a defenda, quem a critique, quem a faça, mas até à data são raríssimos os casos de quem tenha sofrido por cometer esta ilegalidade mesmo quando os esforços para acabar com ela crescem na mesma proporção que os infractores.

Quanto a mim, correndo o risco de ferir susceptibilidades, acho que quanto mais cedo deixarem de tentar impedir a pirataria a todo o custo e descobrirem porque é que continua a resistir sem mossas, mais depressa ficamos todos felizes.

Entretanto, o circo alimenta-se de coisas absurdas - os quatro responsáveis pelo The Pirate Bay estão agora ser julgados na Suécia - que, inevitavelmente, dão lugar aquelas que são de facto importantes - Pirate Bay Witness’ Wife Overwhelmed With Flowers.


Curioso como um gesto tão simples pode dar uma lição a tanta gente.

2 comentários:

rup disse...

É bonito vermos que a ideia "romantizada" de pirataria continua viva :)
Deixo ainda um pensamento extra: se pagaste pela tua televisão, e podes ver as tuas séries de borla, porque é que não podes ver as tuas séries no computador se pagaste igualmente por ele?!
(comentário genérico e não especificamente direccionado a alguém!)

ps: Para quem desejar alguma informação "extra" à cerca do julgamento do piratebay.org:
http://torrentfreak.com/

jorge humberto disse...

ai, ai,ai.. esqueceste-te de dizer que tb receberam chocolates.. ;)

Mas mto bonito, sim senhora... se soubesse disso até eu tinha enviado flores à senhora.. :D
ok, isso e se não fosse tão forreta.. lol