18 março 2009

Vozes de burro

Dizem que vozes de burro não chegam ao céu, mas mesmo que assim seja não deixam de fazer mossa valente aqui pela Terra.

Como é que o Papa pode dizer que "o problema da seropositividade não se pode resolver com a distribuição de preservativos, pois que, pelo contrário, isso só irá complicar a situação" e continuar impune?
Por esse mundo fora é crime negar o Holocausto, a apologia ao fascismo é proíbida em muito sítio e, vá lá, se um deputado chama a outro ignorante na AR é o caos - e o homem pode promover a morte e o sofrimento desta forma, pode gozar com a cara de todos quantos lutam para ajudar quem podem, e não acontece nada?

A sério? Nada de nada? Mesmo?

3 comentários:

leandro disse...

ai deus nos livre da abstinencia!!

eu nao me admiro que este senhor promova o sofrimento (e ignorancia ao mesmo tempo) desta maneira. eles sao os mesmos que queimavam nas fogueiras do Terreiro do Paco aqueles que pensavam de maneira diferente, lembram-se!?
felizmente o mundo evoluiu um pouco desde entao, senao aconteceria o mesmo agora aos 'hereges' que usassem o preservativo.
ele so' nao apregoa que a Terra e' plana porque isso talvez ja' fosse demais...
senhor papa ganhe juizinho que ja' tem bem idade pra isso hmmm?

(e esta foto esta' genial: http://ultimahora.publico.clix.pt/imagens.aspx/260797?tp=UH&db=IMAGENS&w=320)

Paula disse...

Concordo plenamente, de facto só não diz que a Terra é plana porque não calha.
Mas o que mais me surpreende? É que se dissesse, havia uns quantos milhões que acreditavam.

disse...

O Papa é mas é parvo... e acima de tudo ignorante