04 agosto 2006

Le 8mm critique - Time is luck. Or so they say.

Undercover Spoiler Op

A história não é original, os efeitos não são por aí além e os carros já se sabe que são topo de gama e de testosterona. Ainda assim Miami Vice tem um estilo muito particular, o estilo de Michael Mann - distante, cru, meio escuro. O enredo conta com um barão de ilícitos de nome (claro está) espanhol, com dois polícias que nada temem e com um estilo quase exageradamente cool, com uma mulher de negócios intransigente de origem asiática que no fundo, fundinho, é romântica, com grandes velocidades e um BMW branco [belhaaac!], com uns planos meios desfocados e muitos planos em movimento (planos que até gosto bastante). Em resumo, dá um certo glamour á prática policial.
Ainda assim falta qualquer coisa, como já em Collateral faltava - desconfio que os happy endings não são condizentes com este tipo de trama - um estilo que se apresenta cru a tentar ilustrar a realidade não se compadece com contos de fadas em que o herói, os amigos e a família nunca morrem, apesar de expostos a zilhentas balas e outros tantos raptos e ameaças.
No entanto, vale a pena a ida ao cinema, as interpretações de Jamie Foxx (Detective Ricardo Tubbs) e Collin Farrell (Detective James 'Sonny' Crockett) são excelentes, apesar do cabelo um bocadinho azeiteiro do Sonny.

O Momento: A cena inicial com a portuguesa Rita, de Lisboa, Portugal. Perdoem-me o bairrismo :)

A Frase:
Det. Ricardo Tubbs: People are gonna come in here and say "Nice wallpaper. What is it, Jackson Pollack?" No, it's Jose Yero, he got splattered all over his walls.

1 comentário:

rup disse...

Eu gostei! :)
E no final nem acabou por ter um "happy ending" assim tão... happy. Afinal de contas, o Sonny ficou a ver navios com a menina dele. Se quisermos especular um bocadito, aposto que num futuro próximo ela acabava por levar com um charuto Cubano, perdão da República Dominicana(!), a alta velocidade, do Sr. Arcángel de Jesús Montoya ;)

Quanto ao Sr. Michael Mann... acho que já fez o seu melhor trabalho em Heat. A partir de agora, só vai conseguir chegar perto para mim.

ps: o BMW branco só é "desculpado" pelo facto de ser um M6 :p~~~