13 janeiro 2009

Como dar cabo de um Ferrari e outras atrocidades

É só de mim ou ontem em vez de gastarem mais de metade do precioso tempo do telejornal - que se supõe constituído de notícias sérias, boas ou más, que em algo informem e que em filosofia contribuam para a sociedade - com o azeiteiro do Cristiano Ronaldo que até joga bem mas tem tempo de antena a mais, era melhor que tivessem dado a notoriedade devida a esta notícia?

Armando Vara promovido na Caixa depois de ter saído para a administração do BCP.

É que não há ponta por onde se pegue nisto que não seja um insulto atroz.

3 comentários:

Luísa Lima disse...

F*ck.

Pedro Marques disse...

Permite-me que discorde totalmente. O Cristiano não joga bem! O Messi é que devia ter ganho!
Para além do mais, não só o telejornal nos fez sofrer com isso, mas também o pr´s e contras, debate público das questões importantes para o país!

Quanto ao ferrari... enfim... como fã incondicional da marca do cavalinho rompante, estou indignado com a forma como foi tratada aquela obra de arte sobre rodas!

Mal empregue!

Cumps

Paula disse...

Vocês e os Ferraris...