18 junho 2007

Le 8mm critique - Catchim!!

Spoiler's 13

Os filmes do Ocean - 's 11, 12 e 13 - são, até agora, os únicos que podiam continuar indefinidamente, tal como os filmes James Bond. Espero sinceramente daqui a meia dúzia de anos estar no cinema a ver o Ocean's 17, mesmo sabendo que ia ter sérias dificuldades em seguir o rasto a 17 personagens diferentes.

Ocean's 13 é um regalo de filme no argumento, nas interpretações, na montagem, na música e na realização, ainda que o argumento seja um bocadinho menos estiloso que os anteriores. O tom ligeiro presente em todos os filmes, caracterizado por exemplo por falas atropeladas ou palavras incompletas, é o grande trunfo do filme - é único e flui com uma naturalidade que faz todo o sentido mesmo quando não faz sentido absolutamente nenhum - como a fantástica "Look, it's not in my nature to be mysterious. But I can't talk about it and I can't talk about why." pelo Rusty Ryan, no Ocean's 12.

É sempre mais do mesmo, sistemas de seguranças impenetráveis, meios e ferramentas que custam o PIB de um país pequeno e deitam abaixo cidades inteiras, maus da fita que são sempre ultra-maus e ultra-estilosos, etc e tal, mas funciona. O twist que Soderbergh dá aos filmes, a roçar o absurdo, é precioso - os óculos do Reuben (Elliott Gould), o fato americano do Basher (Don Cheadle) e a luta sindicalista no México, são só alguns grandes exemplos.

O Momento: Em que o Rusty Ryan (Brad Pitt) apanha o Danny Ocean (George Clooney) a ver Oprah. Fabuloso.

A Frase:
Rusty Ryan: Is that... are you... are you watching Oprah?

2 comentários:

Kanoff disse...

Em qualquer cidade, vila ou aldeia de Portugal a parte velha é sempre mais bonita do que a nova?

Anónimo disse...

Concordo plenamente...simplesmente um mimo e um regalo para os nosso olhinhos :P

Não ficou nada atrás dos anteriores e ainda consegui surpreender qq coisita...

Bom trabalho Paulinha.
Sara - Vice President, just like you ;)